Pilão Arcado: Convenções definem candidaturas e campanha oficial já começa na sexta-feira (3)

Bahia

Com eleições suplementares para prefeito e vice marcadas para o dia 2 de fevereiro, o município de Pilão Arcado já vive o clima de disputa eleitoral com partidos e candidatos se articulando para cumprir prazos curtos determinados pela justiça eleitoral e buscar os votos do eleitor.

O novo pleito na cidade ocorre após os mandatos do prefeito do município de Pilão Arcado, Manoel Afonso Mangueira, e de seu vice, Daltro Silva Melo, terem sido cassados pela Justiça Eleitoral por se beneficiarem da prática de abuso de poder político e econômico, caracterizado na contratação massiva de servidores em período vedado pela legislação eleitoral, de acordo com a Justiça Eleitoral.

Os prazos da justiça determinam que as convenções partidárias destinadas à escolha dos candidatos e formação de coligações já podem ser realizadas a partir de hoje (26), com prazo limite na próxima segunda-feira (30).

O prazo para registro de candidaturas será até o dia 2 de janeiro, já nesta próxima quinta-feira, o que demanda uma correria nas bases partidárias para arregimentar alianças e consolidar nomes para a disputa. A partir de sexta-feira, 3 de janeiro, já estará liberada a propaganda eleitoral.

A oposição vai homologar o nome de Raimundo Nonato (Mundoca) como candidato a prefeito já amanhã, dia 27, em convenção que acontece na Secretaria de Educação do município.

O presidente da Câmara Orjeto Bastos, presidente da Câmara Municipal, que assumiu a prefeitura interinamente no último dia 20, deve ser confirmado como candidato a prefeito do grupo de situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *